Profissionais de saúde recebem treinamento sobre Leishmaniose.

Conhecimento

Secretaria de Saúde | Postado em: 22 de Outubro de 2018 | Por: Assessoria de Comunicação

Com objetivo de discutir sobre os novos métodos de diagnóstico rápido para a leishmaniose visceral humana e canina, médicos, enfermeiros, enfermeiras e técnicos da vigilância em saúde de Redenção foram orientados e capacitados.
Para a coordenadora Estadual das Leishmanioses, Mônica Fadul, a capacitação é de suma importância para o planejamento das ações de controle da doença.
 “Este é o momento de trocarmos experiências e conhecermos novos métodos para o combate das leishmanioses em Redenção. As novas técnicas apresentadas aos profissionais trarão o diagnóstico mais rápido, e, com isso, o paciente poderá iniciar o tratamento de maneira precoce”, explicou.
Para evitar a propagação da Leishmaniose, aconselha-se primeiramente evitar a proliferação do mosquito-palha, mantendo o ambiente limpo, livre de entulhos e acúmulo de lixo. “Higiene e limpeza são fundamentais para diminuir a incidência do mosquito-palha”, finaliza Cleide Mendes. (Assessoria de Comunicação).