Redenção está entre as dez cidades com maior índice de desenvolvimento no Estado

Redenção aparece à frente de cidades como Marabá e Ananindeua

Secretaria de Administração | Postado em: 04 de Julho de 2018 | Por: Assessoria de Comunicação | Atualizada em: 07 de Julho de 2018

Uma pesquisa realizada em 138 municípios paraenses revela que Redenção está entre os dez municípios com maior índice de desenvolvimento do Estado do Pará, à frente de cidades como Marabá e Ananindeua. O estudo leva em conta números relacionados à geração de emprego e renda, índices e metas de aprendizagem escolar e de saúde. O objetivo do estudo é medir as transformações, antecipar tendências e enxergar oportunidades.

Inspirado no IDH – índice de Desenvolvimento Humano, o índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal, da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, acompanha o desenvolvimento socioeconômico dos mais de cinco mil municípios brasileiros, com base nas áreas fundamentais ao desenvolvimento humano, gerando dados confiáveis e atualizados que levam em conta a realidade brasileira e toda sua complexidade. Criado em 2008, o índice possui periodicidade anual e é calculado exclusivamente com estatísticas públicas oficiais dos ministérios da Saúde, Trabalho e Educação.

Os dados revelam a realidade de cada município, permitindo identificar mudanças e promover a redução das desigualdades. “Saber que Redenção está à frente de cidades consideradas de grande porte nos anima a realizar um trabalho melhor a cada dia em prol da população”, assegura o prefeito Carlo Iavé.

Para a Secretária de Saúde, Cleide Mendes os resultados são fruto de muito trabalho e dedicação por parte da atual gestão, que vem melhorando a saúde como um todo, seja com contratação e treinamento de profissionais, melhoria na infraestrutura, com reformas de hospitais, construções de novos postos de saúde, aquisição de novos equipamentos e regularidade no fornecimento dos medicamentos. Já Vanderly Moreira, Secretário de Educação, aponta o trabalho sério realizado como responsável pelos índices positivos. “Também estamos preocupados em melhorar a infraestrutura, garantir transporte e alimentação de qualidade e, claro, mais do que nunca qualificar nossos profissionais nas mais diversas fases da educação”, esclarece.

O Firjan leva em conta dados como o número de empregos gerados, carteiras assinadas, crianças nas creches, pré-escolas e pessoas com ensino superior. Já na educação, por exemplo, crianças nas creches, pré-escolas e pessoas com ensino superior e na saúde o número de consultas oferecidas a gestantes, além de outros.

Esta é a segunda vez que o município apresenta índices positivos na atual gestão. Recentemente, de acordo com pesquisa da FGV – Fundação Getúlio Vargas, Redenção figurou como a melhor cidade do Estado para se viver na terceira idade.

De acordo com o prefeito Carlo Iavé, essas pesquisas são resultado da implementação de políticas públicas sérias, fruto do comprometimento com o bem-estar do povo e com o desenvolvimento do município. (Assessoria de Comunicação).