Grupo Folia dos Três Reis Santos, de Redenção, conquista ‘Prêmio Preamar’

Os projetos apresentados pelos participantes concorreram a premiações de R$ 20 mil.

Secretaria de Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer | Postado em: 17 de Dezembro de 2019 | Por: CONVÊNIOS | Atualizada em: 18 de Dezembro de 2019

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer (SEMEC), realizou na noite de sexta-feira (13) a cerimônia de entrega de um cheque simbólico, no valor de R$ 20 mil, ao grupo Folia dos Três Reis Santos, de Redenção, vencedor do ‘Prêmio Preamar’, concurso organizado pela Secretaria de Estado de Cultura do Pará (Secult). A solenidade aconteceu em frente a Casa do Papai Noel, localizada na Avenida Santa Tereza.

O concurso contou com a participação de todas as regiões de integração paraense. Os projetos apresentados pelos participantes concorreram a premiações de R$ 20 mil.

Pelo sul do Pará, que corresponde a Região Integrada Araguaia, o grupo Folia dos Três Reis Santos alcancou 95 pontos e conquistou o prêmio.

A entrega do cheque simbólico foi feita pelo prefeito em exercício de Redenção, Marcelo Borges e pelo Secretário Municipal de Educação, Cultura e Lazer, Prof. Vanderly Moreira. A cerimônia foi encerrada com uma apresentação ao público em plena avenida e nas dependências da Casa do Papai Noel.

HISTÓRIA: O Grupo Folia dos Três Reis Santos é uma manifestação cultural religiosa festiva, que surgiu no final da década de 80 e início dos anos 90, na zona rural de Redenção conhecida por “Pebas”, hoje, Nova Glória. O grupo foi fundado pela senhora Maria Quirina da Silva, falecida em medos de 2007 e mãe do atual Capitão do Grupo, que, devido a uma promessa feita à sua mãe, prosseguiu com as atividades do grupo após o falecimento da fundadora, contribuindo assim para a difusão, fruição e transmissão dos saberes deixado por Dona Maria Quirina às novas gerações.

A Folia dos Três Reis Santos realiza o seu cortejo festivo todos os anos, do primeiro ao sexto dia de janeiro, tanto no Núcleo Urbano (Serrinha, Alto Paraná, Santos Dumont e Campos Altos) quanto na Zona Rural do Município (Centro dos Moraes, Estiva e Nova Glória-Pebas), promovendo a manutenção da tradição, identidade e sentimento de pertencimento do grupo. (FONTE: ASCOM SEMEC)